Município da Covilhã
Fev.28.2017
90% DOS COVILHANENSES COM FATURA DE ÁGUA REDUZIDA
17-02-2017

90% DOS COVILHANENSES COM FATURA DE ÁGUA REDUZIDA

A primeira fatura com o novo tarifário do preço da água começou a chegar aos consumidores do concelho da Covilhã e a autarquia aproveitou o momento para fazer uma análise pormenorizada das novas reduções que vão abranger 90% dos consumidores, incluindo associações, IPSS e Juntas de Freguesia. A apresentação do tarifário e da nova fatura da ADC decorreu na sede da APPACDM, uma IPSS que também vai beneficiar da redução das tarifas da água. O presidente da Câmara da Covilhã garante que “neste momento o valor da água e dos resíduos é dos mais baixos da região, e quanto às IPSS quero dar o exemplo da APPACDM, que (…) terá três mil euros de poupança”, sublinhou. Vítor Pereira, destacou ainda a importância da tarifa social e o respetivo desconto, dando como exemplo “um consumidor que gaste 10 metros cúbicos de água tem uma redução de 8,86 euros mensais, ou seja, 106,32 euros anuais.” O autarca destacou ainda o facto de o valor da água e dos resíduos ser atualmente dos mais baixos da região, um cenário que só foi possível depois de uma “complexa e prolongada negociação com o parceiro privado”. Vítor Pereira sublinhou no entanto que “a negociação foi feita com equilíbrio para evitar situações de litígio, como as que ocorreram no Município de Barcelos”. O Presidente da Câmara da Covilhã reconhece, no entanto que, a negociação ainda não está concluída, já que falta reestruturar a componente dos resíduos. O autarca não coloca de parte recorrer à via judicial, mas entende que “em primeiro lugar temos que continuar na via do diálogo com as Águas da Serra e com isso reduzir ainda mais a fatura aos nossos consumidores”.  Vítor Pereira diz ainda que, o contrato com as Águas da Serra “é ruinoso, com lucros astronómicos que estão a ser pagos por todos os covilhanenses” por isso “custe o que custar “ a negociação vai ter de chegar a bom porto”. Vítor Pereira lembra que “a autarquia tem 30% de capital das Águas da Serra e nesse sentido teríamos no final da concessão a receber cerca de 11 milhões de euros, mas na época trocaram os 11 por 2 milhões antecipados, mas como essa antecipação foi para as Águas da Covilhã, onde temos um parceiro privado recebemos metade, em suma, trocámos 11 milhões por um milhão. É uma coisa impensável e que não se compreende”.
MUNICÍPIO DA COVILHÃ BAIXA PREÇO DA ÁGUA
23-01-2017

MUNICÍPIO DA COVILHÃ BAIXA PREÇO DA ÁGUA

A Câmara Municipal da Covilhã vai reduzir o preço da água em 2017. A medida foi aprovada por unanimidade na reunião ordinária pública do executivo e por unanimidade dos votos dos presentes na sala na Assembleia Municipal, na passada sexta-feira, 23 de dezembro. O presidente da autarquia, Vítor Pereira, apresentou um plano de reduções "arduamente negociado" com o parceiro privado, em que “a prioridade foi o interesse dos covilhanenses”. O autarca adiantou que as "implicações financeiras, jurídicas e legais" atrasaram e dificultaram o acordo agora alcançado, sempre com a “preocupação de cumprir o princípio da equidade, abrangendo cerca de 90% da população e reduzindo as tarifas para "valores brutalmente inferiores" aos que eram praticados. "Desde a primeira hora que fui contra este negócio ruinoso e ilegal [concessão de 49% da empresa Águas da Covilhã], mas o que fizemos foi negociar, com elevadíssimo sentido de responsabilidade, para podermos baixar o preço da água", salientou. Este novo tarifário apresenta uma poupança média na ordem de 30% para os consumidores domésticos. Além disso, está prevista uma redução de 35% na tarifa de ligação do serviço, de 45% na tarifa de disponibilidade e ainda de 25% para as instituições particulares de solidariedade social e associações sem fins lucrativos. Será ainda aplicada uma diminuição de 50% para os consumidores abrangidos pela tarifa social, cujo número de beneficiários foi alargado e também passou a abranger as famílias numerosas. O impacto destas reduções representa uma poupança para os covilhanenses na ordem do meio milhão de euros anuais.  Após a aprovação por unanimidade desta medida pelo executivo camarário, Vítor Pereira sublinhou a importância histórica do momento, uma vez que se trata da primeira redução do preço da água aplicada no concelho desde o 25 de Abril de 1974
MUNICIPIO DA COVILHÃ ANUNCIA PACOTE DE APOIO À HABITAÇÃO JOVEM NO CENTRO DA CIDADE
20-01-2017

MUNICIPIO DA COVILHÃ ANUNCIA PACOTE DE APOIO À HABITAÇÃO JOVEM NO CENTRO DA CIDADE

O Município da Covilhã vai recuperar 48 casas na zona histórica da cidade. O projeto de requalificação que, deverá arrancar a curto prazo, vai ser destinado primordialmente a jovens licenciados da UBI que pretendam fixar-se na Covilhã. O projeto prevê a recuperação de habitações, com preços controlados para o mercado jovem que pretenda ficar a residir na Covilhã. Para o Presidente do Município" esta iniciativa é apenas uma das muitas ações que o município está a desenvolver para fixar jovens licenciados Vítor Pereira Sublinha que "a requalificação das habitações vai permitir melhorar o casco histórico ao mesmo tempo que serve de estimulo para todos os jovens licenciados que pretendam ficar a residir na cidade “o autarca sublinha que" a Covilhã não pode ser o local de passagem tem de ser um local para viver". O projeto de requalificação das 48 habitações conta com o apoio do PEDU- Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, que tem já no terreno várias intervenções de revitalização. O anúncio da criação do pacote de apoio à habitação jovem foi feito no âmbito da tomada de posse dos novos corpos dirigentes da Associação Académica da Universidade da Beira Interior, onde Vítor Pereira voltou a reforçar a importância  "de se fortalecerem as parcerias entre a UBI o tecido empresarial e a autarquia para que a fixação de jovens possa ser uma realidade abrangente".
Assembleia da República

Assembleia da República

Ver mais

Governo de Portugal

Governo de Portugal

Ver mais

Portal Autárquico

Portal Autárquico

Ver mais

Portal de Transparência Municipal

Portal de Transparência Municipal

Ver mais

UNIÃO DE EXPORTADORES DA CONF. EMPRESARIAL DA COMUNIDADE CPLP NA COVILHÃ