Município da Covilhã
Tlf:. 275 330 600
Jun.17.2021
Notícias
FERNANDO GIL TEIXEIRA APRESENTA LIVRO INFANTIL NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DA COVILHÃ
28-05-2021

FERNANDO GIL TEIXEIRA APRESENTA LIVRO INFANTIL NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DA COVILHÃ

O jovem escritor Fernando Gil Teixeira, natural do Fundão e a residir na Covilhã, lançou o seu primeiro livro infantil este mês, dedicado ao lobo e à sua conservação e vai realizar a sua apresentação oficial na Biblioteca Municipal da Covilhã, no dia 31 de maio, pelas 19 horas. O livro contará com apresentação de Regina Gouveia, Vereadora da Cultura da Câmara Municipal da Covilhã e Rogélia Proença, professora do Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto, para além da presença do autor e da ilustradora Carolina Baptista. Fernando Gil Teixeira tem 25 anos, é licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade do Porto e tem mestrado em Gestão pela Universidade da Beira Interior. Rendeu-se rapidamente ao mundo da comunicação e está envolvido no jornalismo regional e nacional desde os seus 15 anos, tendo já sido colaborador, membro de redação, cronista, editor e ainda diretor. Conta com passagens pela Tribuna Desportiva, Rádio Cova da Beira, Diário de Aveiro, A Sul, Comunidade Cultura e Arte, entre muitos outros. Foi ainda diretor do Jornal Tribuna, da FDUP e colabora atualmente com o Jornal Fórum Covilhã e ainda com a Associação Académica da Universidade da Beira Interior. Apaixonado pelo reino animal e pela causa ambiental, é desde há 2 anos técnico de comunicação da associação Rewilding Portugal, com sede na Guarda, trabalho através do qual surgiu esta necessidade e gosto de comunicar com os mais jovens sobre estas temáticas e de as trazer para a ordem do dia. É ainda autor de outras duas obras, uma de poesia (Aqui entre nós…) e outra de ficção (Nas Teias do Poder). Participou ainda em diversas antologias de diferentes editoras nos últimos anos. O livro conta com ilustrações de Carolina Baptista, que desde pequena sempre se perdeu entre desenhos e tintas. Com o tempo, descobriu a magia do mundo digital. Tem 22 anos, e este é o seu primeiro projeto de ilustração infantil. Carolina Baptista é natural da aldeia de Sentieiras (Abrantes). Desde cedo, mostrou talento para o desenho, despertando a curiosidade de alguns familiares e amigos que pontualmente lhe começaram a pedir alguns trabalhos. O seu percurso académico passou pela Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Coimbra, onde se encontra a terminar a licenciatura de Arte e Design. Paralelamente, lançou o seu projeto “Carolina Oh-i-o-Art”, onde cria e divulga os seus trabalhos com especial foco em ilustrações de retratos.  
CANTAR-GALO RECEBE PRIMEIRO BALCÃO SNS DA COVILHÃ
19-05-2021

CANTAR-GALO RECEBE PRIMEIRO BALCÃO SNS DA COVILHÃ

O Presidente da Câmara Municipal da Covilhã, Vítor Pereira, assinou na passada quinta-feira, em Coimbra, um protocolo para a instalação de balcões destinados à prestação de serviços digitais e de telessaúde, num evento que contou com a presença do Secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes. O SNS 24 Balcão resulta da criação de uma rede de parcerias, envolvendo, para já, municípios, juntas de freguesia e agrupamentos de centros de saúde (ACES). Tem como objetivo facilitar e promover o acesso aos serviços digitais e de telessaúde entre os cidadãos e os profissionais de saúde do Serviço Nacional de Saúde (SNS), através de criação de condições de maior proximidade e redução de barreiras em lidar com os meios técnicos ou mesmo pela sua inexistência. Vítor Pereira considera que “o SNS 24 Balcão vai permitir reduzir a pressão sobre os centros de saúde e unidades de saúde familiar e facilitar o acesso à prestação de serviços à distância”. “Na Covilhã, o primeiro balcão será instalado no edifício da junta de freguesia em Cantar-Galo e prestará apoio a quem tem pouca literacia digital, não tem acesso a equipamentos tecnológicos ou à internet ou não tem condições ou as competências necessárias para aceder remotamente aos serviços digitais do SNS”, refere o autarca. O SNS 24 Balcão permite marcar consultas, renovar receitas de medicamentos, realizar uma teleconsulta, consultar resultados de exames, aceder aos guias de tratamento, avaliar sintomas, entre outras valências.  
CENTRO DE ATIV’IDADES REABRIU CUMPRINDO TODAS AS NORMAS DE SEGURANÇA
17-05-2021

CENTRO DE ATIV’IDADES REABRIU CUMPRINDO TODAS AS NORMAS DE SEGURANÇA

O Centro de Ativ’Idades (CAI), localizado no Sporting Shopping Center, no centro da cidade da Covilhã, reabriu as suas portas no passado dia 3 de maio. Embora ainda com poucas atividades presenciais, devido às normas de higiene e segurança estabelecidas pelo Gabinete de Proteção Civil da Câmara Municipal e pela DGS, os utentes do CAI já contam com aulas de Estimulação Cognitiva, a caminhada semanal Giravolta pela Cidade (quartas-feiras de manhã), Laboratório de Artes Cénicas (pela Quarta Parede), Atelier de Rendas, malhas e bordados, Aulas de Informática, Aulas de Alfabetização e Língua Portuguesa para Estrangeiros. Os utentes podem ainda contar com atividades pontuais atualizadas mensalmente, sendo necessária inscrição prévia para a frequência das mesmas, devido ao número de utentes permitido em cada espaço. Ainda que a pandemia tenha obrigado ao encerramento das atividades presenciais e, consequentemente, das próprias instalações, este Centro destinado à população sénior e não só, tornou-se para muitos utentes a sua “segunda casa”, mantendo a atividade possível e presença junto dos idosos do concelho. Assim, durante este período, foram regularmente mantidos contactos telefónicos e/ou via videochamadas com os utentes a fim de minimizar os efeitos negativos que a pandemia trouxe à população idosa, nomeadamente solidão, abandono, tristeza, desânimo.   O CAI reinventou atividades com o intuito de ocupar o tempo dos mais idosos, tais como trabalhos manuais (foram feitas máscaras comunitárias e outros adereços), aulas de estimulação cognitiva on-line, incentivo à leitura com a distribuição de livros da Biblioteca Municipal à porta, apoio na compra de bens de primeira necessidade e medicamentos, entre outros. De destacar ainda outras iniciativas que foram colocadas em prática para minimizar os efeitos da pandemia, como o projeto “Palavras de Ternura”, que procurou contribuir para encontrar estratégias eficazes de proteção do idoso/a, em parceria com as Autoridades Locais (PSP e GNR). Têm ocorrido visitas regulares aos idosos em isolamento, sinalizados pelas forças de segurança, levando-lhes afetos, alento e, sobretudo, o sentimento de não estar desamparado. Está também em curso o projeto “Fragmentos de Vida”, que tem por objetivo fazer o relato biográfico da vida dos idosos que queiram participar.  Foi criada a linha de apoio de Psicologia Clínica e de Saúde, que visa constituir uma primeira resposta em termos de acompanhamento e psicoterapia a idosos e pessoas em risco, relativamente a problemáticas de natureza pessoal e interpessoal como perturbações de ansiedade e de humor, num momento de crise tão complexo como o que vivemos presentemente. Esta linha está a cargo da Dra. Juliana Bastos de Oliveira, pós-graduada em intervenção em Crise, Emergência e Catástrofe, inscrita na ordem dos Psicólogos Portugueses, que se disponibilizou para colaborar de forma voluntária com o Município neste importante instrumento de ajuda. A Câmara Municipal da Covilhã e o CLDS.4G.Covilhã (Contrato Local de Desenvolvimento Social) criaram uma linha telefónica de apoio social de proximidade, com o intuito de minorar o impacto da crise pandémica provocada pela COVID-19. Esta linha pretende apoiar e proteger idosos e pessoas em situação de isolamento ou maior fragilidade.  O objetivo essencial prende-se com atenuar os sentimentos de solidão, abandono e desespero, garantindo também o apoio na aquisição de bens essenciais e/ou na realização de outras tarefas identificadas como fundamentais. Tratando-se de uma linha de apoio social mais abrangente, terá ainda como intuito a sinalização de casos que necessitem de intervenção específica, a encaminhar para o serviço de ação social da Autarquia ou para a linha de apoio psicológico, ativa desde a 1.ª fase da pandemia.  O atendimento telefónico é prestado por uma equipa multidisciplinar de profissionais do CAI e do CLDS, através dos números 275 330 656 e 275 330 657. A linha é gratuita, estando garantida a confidencialidade da informação relativa a todos os que recorram a este serviço.   Para mais informações e para integrar os programas do Centro de Ativ’Idades, os utentes podem contactar através do telefone 275 315 137 ou dirigir-se diretamente às instalações.