Município da Covilhã
Tlf:. 275 330 600
Dez.16.2017

Atrações Imperdíveis

Torre

Este é o local onde um edifício, localizado no topo da imensa Serra, simboliza o ponto mais alto de Portugal Continental. Elevada a 1993 metros encontramos esta Torre de 7 metros que alegadamente completa os 2000 metros de altura da Serra da Estrela.

Deste tremendo miradouro consegue-se um panorama brutal sobre toda esta paisagem de vales e rochedos, num mesclado de xisto e granito serpenteado pelo azul dos cursos de água. De Verão, em dias claros, é possível até ver o mar, podendo a vista alcançar a praia da Figueira da Foz. Porém, quem vem à Torre nos meses de Inverno espera sobretudo por neve, muita neve. Esta é a verdadeira razão pelo qual todos os anos um número elevado de turistas atravessa as íngremes e serpenteadas estradas da serra para aqui chegar.

Alguns pontos turísticos encontram-se instalados no edifício da Torre à disposição de quem visita este esplêndido local. Falamos de lojas que oferecem produtos regionais, como o famoso Queijo da Serra, o mel, o pão, os enchidos e o artesanato variado.

Parque Natural da Serra da Estrela

Esta é a maior e das primeiras áreas protegidas do país. Aqui é possível desfrutar da grandiosa e agreste paisagem da serra moldada pela natureza mas também pelo homem, que assim ao longo dos tempos soube respeitar o meio que o envolvia.

Em pleno Parque Natural o pastoreio e a agricultura convivem harmoniosamente com um sem-número de espécies de fauna e flora.

Cobrindo uma parte significativa da montanha, a área inclui algumas espécies únicas no país.

Destacamos algumas espécies, como o lobo, o javali, a lontra, a raposa, a lagartixa-de-montanha, a cegonha negra, os narcisos e as orquídeas selvagens, espécies estas, que poderá encontrar aquando de um percurso pedestre, uma das tantas atividades que a serra lhe oferece.

Penhas da Saúde

Esta aldeia em pleno coração da Serra da Estrela distingue-se pelo seu sumptuoso cenário de montanha.

A uma altitude de 1.500 metros a zona é principalmente um resort de inverno. Aqui, por entre o ar puro e uma preciosa quietude, encontrará um hotel, chalés de montanha e uma aconchegante e moderna Pousada da Juventude.

E se o tempo ajudar desfrute de um passeio junto ao Lago Viriato.

Penhas Douradas

Vizinha das Penhas da Saúde, as Penhas Douradas localizam-se naquela que é considerada a região mais fria de Portugal.

Parte integrante do Parque Natural da Serra da Estrela, aqui o visitante deslumbrar-se-á com uma fantástica vista sobre a vila de Manteigas e sobre o Vale Glaciar do Rio Zêzere.

Glorificada pela natureza serrana que lhes confere uma beleza única, a zona é conhecida por ter a primeira estância de turismo de montanha do país, estando rodeada pelos seus famosos chalés.

Por entre bosques de pinheiro-silvestre ou pinheiro-de-casquinha, poderá aqui aproveitar e conhecer a célebre barragem do Vale de Rossim.

Lagoa Comprida

Esta é a maior das lagoas da Serra e tem por finalidade a produção de energia elétrica.

Porém, para além de poder apreciar o meio aquático da lagoa, é pelo meio envolvente que a zona é conhecida.

Para o visitante que sobe a Serra este local é já quase de obrigatória paragem. Aqui é habitual ver famílias inteiras em amena “guerra de bolas de neve” ou no deslumbre da construção do primeiro boneco de neve da viagem.

Cântaro Magro

Este é um imponente rochedo com uma altura de cerca de 500 metros, que atinge no ponto mais elevado a altitude de 1.928 metros e que não deixa ninguém indiferente à sua passagem.

Visível de muitos pontos da Serra da Estrela, o Cântaro destaca-se pela imponência das suas paredes escarpadas.

De granito modelado pela erosão glaciar e fluvial, este monstro de pedra recostado sobre o brutal Vale Glaciar do rio Zêzere, constitui um dos locais mais interessantes e mais procurados para a prática de escalada na Península Ibérica.

Nossa Senhora da Boa Estrela

Situada no lugar de Covão do Boi encontra-se esculpida na rocha a graciosa Senhora da Boa Estrela.

Inaugurada em 1946, a escultura com mais de 7 metros de altura foi elaborada por António Duarte, partindo da intenção do pároco local em prestar homenagem à santa protetora dos pastores, que enfrentam há séculos as intempéries da agreste região.

Vale a pena parar para ver a notável obra.

Poço do Inferno

Este é um lugar fascinante que leva milhares de visitante a subir a íngreme e perigosa escadaria para ver de perto a memorável cascata.

O Poço situado a 1080 metros de altitude ostenta, então, uma queda de água de 10 metros que atravessa a singela Ribeira de Leandres, acabando por desaguar no grande Rio Zêzere.

Cabeça do Velho

A Serra da Estrela é fértil em formações rochosas e rochedos famosos.

A Cabeça do Velho é sem dúvida um bom exemplo disso. É uma rocha de granito localizada a cerca de 1500 metros de altitude, conhecida por lembrar uma cabeça de perfil.

Quem por ali passa, decerto, não fica indiferente a tão singular obra da natureza