Município da Covilhã
Tlf:. 275 330 600
Jan.27.2020
Notícias
 NOVO MUSEU DA CIDADE ABRE EM 2020        
27-01-2020

 NOVO MUSEU DA CIDADE ABRE EM 2020        

                                                                                As obras de requalificação do Museu da Cidade da Covilhã, orçadas em cerca de 240 mil euros, decorrem a bom ritmo e prevê-se durante este ano de 2020 a sua inauguração. Este importante espaço cultural localiza-se na Rua António Augusto Aguiar, no edifício projetado pelo Arquiteto Ernesto Korrodi e que acolheu a sede do Banco de Nacional Ultramarino. O edifico destaca-se ainda pelo trabalho cantaria e pela decoração em azulejos com elementos referentes ao comercio e à época dos Descobrimentos. O renovado Museu terá como objetivo dar a conhecer a cidade da Covilhã e a sua história, destacando todas as épocas de ocupação do território, refletindo a atualidade e perspetivando o futuro. Os conteúdos temáticos estarão organizados cronologicamente, de cima para baixo, do piso 3, dedicado à pré-história e à romanização, ao piso térreo, com uma visão global da história da cidade e uma reflexão sobre o seu futuro. A exposição recorre a métodos interativos e o percurso dos visitantes far-se-á por circulação vertical (escadas ou elevador).  O Museu da Cidade cumpre todos os preceitos base do design inclusivo e universal, promovendo a acessibilidade nos espaços culturais, num espaço adaptado, bem sinalizado, com piso e mapas tácteis e livre de obstáculos arquitetónicos. Os conteúdos temáticos serão claros e pensados para a compreensão do maior número de pessoas possível. Vítor Pereira, Presidente da Câmara Municipal da Covilhã, destaca a intervenção no Museu da Cidade como “um dos importantes pilares que irão transformar positivamente o Centro Histórico da nossa Cidade, juntamente com o novo Teatro Municipal, o Centro de Inovação Social e o Centro de Inovação Empresarial, entre outras intervenções que estão a decorrer”. Para o autarca, “este é o caminho certo para sermos atrativos e modernos, não esquecendo a melhoria da qualidade de vida dos covilhanenses. Este executivo aposta em criar uma nova dinâmica social, económica e cultural no centro histórico, após tantos anos de incúria e abandono.  
MUNICÍPIO PROPORCIONA ATIVIDADES MULTIDISCIPLINARES A UMA CENTENA DE ALUNOS DO 1º CICLO  
07-01-2020

MUNICÍPIO PROPORCIONA ATIVIDADES MULTIDISCIPLINARES A UMA CENTENA DE ALUNOS DO 1º CICLO  

Ao abrigo do Plano Inovador e Integrado de Combate ao Insucesso Escolar do Município, a Câmara Municipal da Covilhã concebeu e implementou o Projeto EU SOU + com o objetivo de desenvolver e potenciar competências múltiplas para a formação e desenvolvimento individual e social dos alunos do primeiro ciclo do ensino básico. Para o efeito, constituiu-se uma equipa multidisciplinar que integra uma psicóloga, uma professora de ciências, uma professora de música, uma nutricionista e uma pianista, para dinamizar atividades lúdico-pedagógicas, direcionadas para os alunos que frequentam o serviço de componente de apoio à família, sob a gestão do Município, no âmbito da delegação de competências. Desde o passado mês de dezembro, cerca de uma centena de crianças de várias escolas do concelho da Covilhã têm participado em atividades de diferentes áreas, nomeadamente cidadania e inteligência emocional, ciência divertida, formação musical, prática instrumental e nutrição. No âmbito destas atividades, os alunos participaram em dinâmicas de grupo sobre gestão emocional, em experiências científicas, aprenderam a ler música, cantaram e deram os primeiros toques na aprendizagem do piano, tendo ainda participado em atividades lúdicas sobre alimentação saudável. Durante a interrupção letiva do 1º período, o projeto contou também com a colaboração da equipa de mediação da leitura e de escrita criativa da Biblioteca Municipal da Covilhã, que realizou deslocações a escolas para enriquecer o imaginário das crianças e estimular o gosto pela escrita e pela leitura. O projeto, em resultado de uma candidatura à CIMBSE - Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela, terá continuidade ao longo do presente ano letivo.
A MONTANHA DESCE À CIDADE COM OS REIS
03-01-2020

A MONTANHA DESCE À CIDADE COM OS REIS

Promover, valorizar e revelar a identidade em estado puro das aldeias de montanha do concelho são importantes objetivos que justificam a forte aposta da Câmara Municipal da Covilhã na segunda edição da iniciativa “A Montanha Desce à Cidade com os Reis”. Nos próximos dias 4 e 5 de janeiro, a Praça do Município acolhe um vasto conjunto de atividades sob o mote do «retorno ao mundo natural», integradas na programação do “Natal Com Arte” e na celebração do Dia de Reis. Este evento enquadra-se na estratégia promocional das Aldeias de Montanha, levada a cabo pela autarquia, que proporcionou momentos especiais nas Penhas da Saúde (“Saud’Arte”, 20 e 21 de julho), em São Jorge da Beira (“Salta & Pilha, de 5 a 8 de agosto), nas Cortes do Meio (“Pastores”, 4 a 6 de outubro), na Erada (“Palad’Arte”, 1 e 2 de novembro) e em Verdelhos (“Agasalhos no Frio”, 22 a 24 de novembro). “A Montanha Desce à Cidade com os Reis” é um evento que traz agora estas atividades e tradições ao centro histórico da Covilhã para dar a conhecer o artesanato e os sabores da Serra ou os jogos tradicionais, como o jogo do arco, a corrida de cântaros, o jogo do burro e da malha, entre outros. A animação e a música popular vão ser uma constante com atuações de grupos de todas as freguesias de montanha. De destacar também a apresentação do Roteiro “Terras de Volfrâmio e Estanho – História e Memórias das Comunidades Mineiras” como um exemplo do que a Autarquia pretende concretizar noutros pontos do concelho: investir na promoção do património industrial com a dupla função de atrair turistas com um produto diferenciado e enriquecer culturalmente as populações, recuperando património material e imaterial. As surpresas não vão faltar nesta verdadeira festa de montanha no coração da cidade da Covilhã à qual se vão associar vários grupos musicais do concelho no “Canto das Janeiras” (A Grande Roda, Cavaquinhos da Academia Sénior, Coro do Órfeão, Desertuna, Rancho do Refúgio, Vozes do CAI), às 16h00 do dia 4 de janeiro, o “Concerto de Reis”, pelo Órfeão da Covilhã e pelo Coro da Academia Sénior, a realizar na Igreja da Misericórdia, pelas 15h00 do dia 5, e o “Concerto de Reis” da Orquestra Sem Fronteiras, às 17h00 do mesmo dia, na Igreja de São Tiago. Para o Presidente do Município, Vítor Pereira, este será “um evento com sons, artesanato e sabores da Serra, jogos e atividades tradicionais das zonas de montanha”. “Tal como no ano passado, queremos repetir o sucesso que este evento teve e encerrar com chave de ouro um conjunto de iniciativas importantes que tiveram lugar nas cinco aldeias de montanha abrangidas por este projeto. É para nós fulcral preservar atividades, tradições, usos e costumes, valorizando as potencialidades naturais e promovendo o turismo em cada uma destas aldeias”. O autarca aponta ainda a articulação desta iniciativa “com o tradicional cantar das janeiras, que vai trazer muita animação ao centro da cidade e dinamizar o nosso comércio tradicional”. “A Montanha Desce à Cidade com os Reis” realiza-se na Praça do Município, em frente aos Paços do Concelho, das 10h00 às 19h00 dos dias 4 e 5 de janeiro.