Município da Covilhã
Tlf:. 275 330 600
Ago.11.2020
Notícias
DITCH DAYS TRAZEM ROCK FRESCO À COVILHÃ
10-08-2020

DITCH DAYS TRAZEM ROCK FRESCO À COVILHÃ

No próximo sábado, 15 de agosto, o Largo da Infantaria 21 acolhe a 3ª noite de “Verão no Centro Histórico”, evento organizado pelo Município da Covilhã que alia o melhor do património histórico e do teatro ao melhor da nova música portuguesa. A noite começa às 21H30, com uma Visita Guiada Virtual, encenada por Joana Poejo (ASTA), que de forma didática e divertida nos apresenta mais história(s) da Covilhã.  Segue-se o concerto de Ditch Days. É uma banda de Lisboa, mas esse é só o ponto de partida para as suas viagens. O álbum de estreia, o delicioso "Liquid Springs" é uma mistura de dream-pop, rock alternativo dos anos 90 e música solarenga em cenários urbanos. Já passaram pelos grandes palcos nacionais e fizeram uma tour internacional que passou por várias cidade de Espanha, França e Itália. Editaram este ano o EP "Office Space", repleto de guitarras e ritmos hipnotizantes.  Devido à crise pandémica que ainda atravessamos, torna-se necessário adotar um conjunto de medidas para garantir a segurança de todos. Assim, para assistir ao evento, é obrigatório adquirir gratuitamente bilhetes em www.veraonocentrohistorico.pt. A lotação dos espetáculos é limitada, com lugares sentados, em cadeiras desinfetadas, assegurando a distância entre lugares. O recinto abre às 21h00. O espetáculo é composto por duas partes (visita virtual encenada + concerto) e inicia às 21h30, pelo que se apela à pontualidade dos espetadores e à permanência nos respetivos lugares até ao final.  Está disponível no local sinalética com as regras e as recomendações da DGS, bem como dispensadores de álcool-gel. O uso de máscara é obrigatório para deslocações dentro do recinto.
PROJETO TURÍSTICO INOVADOR PARA VALORIZAR COUTO MINEIRO 
07-08-2020

PROJETO TURÍSTICO INOVADOR PARA VALORIZAR COUTO MINEIRO 

As Câmaras Municipais da Covilhã e do Fundão assinaram com o Turismo de Portugal um protocolo de financiamento, através do programa Valorizar, para a implementação de um projeto destinado à promoção das freguesias mineiras dos dois concelhos. A cerimónia teve lugar ontem, dia 06 de agosto, nas Minas da Panasqueira, e contou com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques. O projeto “Terras do Volfrâmio e do Estanho - História e Memória das Comunidades Mineiras” será financiado em 600 mil euros através da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior, sendo o investimento total de cerca de 900 mil euros. O projeto envolve as localidades dos dois concelhos que integram todo o couto mineiro das Minas da Panasqueira, bem como as freguesias do Barco e de Cortes do Meio (concelho da Covilhã), onde também houve explorações de minério. Entre as ações previstas estão a criação de dois Centros Interpretativos, de redes de percursos pedestres e roteiros, a reabilitação e criação de espaços museológicos, requalificação e abertura de várias galerias mineiras para visitação, para além de ofertas turísticas como “Seja Mineiro por um Dia”. Este projeto visa a requalificação patrimonial e ambiental destes territórios, a promoção cultural e turística, o reordenamento das aldeias mineiras dos concelhos da Covilhã e Fundão. O projeto supramunicipal também permitirá contribuir para potenciar o investimento privado, nomeadamente alguns dos projetos turísticos que já estão anunciados para as localidades abrangidas.  Para Vítor Pereira, Presidente do Município da Covilhã, “este é um projeto que vai potenciar a atividade turística, gerar emprego e criar riqueza, para que aqui permaneçam e se fixem cada vez mais pessoas”. O autarca destacou a inovação “deste novo segmento turístico associado à atividade mineira”, apontando outros objetivos importantes de um projeto “que preserva a história e lança as bases para o desenvolvimento do couto mineiro do ponto de vista ambiental, do ponto de vista económico e do ponto de vista social”. A Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, mostrou-se “impressionada” com as potencialidades deste novo produto turístico, afirmando ainda que, “mais do que suportar ou financiar um projeto isolado nos territórios do Interior, importa sobretudo suportar narrativas, trilhos, caminhos e rotas que possam garantir a fixação do turista mais tempo nestes territórios. Nós não queremos uma abordagem de ‘toca e foge’, queremos uma abordagem mais holística, mais completa”.  
(RE)VIVER COVILHÃ
03-08-2020

(RE)VIVER COVILHÃ

(RE)VIVER COVILHÃ   A Câmara Municipal da Covilhã leva a cabo, durante todo o mês de agosto, a iniciativa "(Re)Viver Covilhã", dando vários palcos à música "made in”Covilhã. Com esta iniciativa, o Município procura dar oportunidade aos músicos locais de mostrar o seu talento, no atual contexto de dificuldades provocadas pelo cancelamento de eventos e concertos devido à crise pandémica. Todas as quintas e sextas-feiras de agosto, às 21.30H, vários projetos musicais covilhanenses irão apresentar-se em locais emblemáticos da cidade e do concelho, animando assim as noites quentes de verão, com muita cor e diversão. Os concertos vão realizar-se em espaços ao ar livre, dando cumprimento a todas as normas da Direção Geral da Saúde. A programação do “(Re)Viver Covilhã” é a seguinte: Dia 6 - 21.30H - Jardim do Lago (junto ao Syrah): Sofia Moura & King’Size Band Dia 7 - 21.30H - Jardim do Rodrigo (junto à sede do CCD Rodrigo): Projecto 80 Dia 13 - 21.30H - Jardim das Artes: Rosa Negra Band Dia 14 - 21.30H - Parque Duppigheim (Boidobra): Só nós 5                                                 Dia 20 - 21.30H - Jardim da Goldra (junto à Telepizza): Pedro Silva Dia 21 - 21.30H - Esplanada do Académico dos Penedos Altos: H20                                                 Dia 27 - 21.30H - Centro Cívico de Cantar Galo: Meu Fado Dia 28 - 21.30H - Pátio do Grupo Recreativo Vitória de Santo António: Trucks  
PEDRO DE TRÓIA ANIMA “VERÃO” DA COVILHÃ
03-08-2020

PEDRO DE TRÓIA ANIMA “VERÃO” DA COVILHÃ

PEDRO DE TRÓIA ANIMA “VERÃO” DA COVILHÃ O “Verão no Centro Histórico” já começou, devolvendo os eventos culturais às ruas da Covilhã. O arranque da terceira edição do evento aconteceu no passado sábado, dia 1 de agosto, no Largo da Infantaria 21, com o concerto de Luís Severo. No próximo sábado, 8 de agosto, no mesmo local, a noite começa às 21H30, com uma Visita Guiada e Encenada por Joana Poejo (ASTA), que de forma didática e divertida nos apresenta a(s) história(s) da Covilhã. O trajeto da visita será projetado numa tela e a atriz fará uma encenação no local. Segue-se o concerto de Pedro de Tróia. Apesar de ainda jovem, tem já uma longa história na música portuguesa. Foi o fundador dos Capitães da Areia e aventura-se agora a solo. "Depois Logo Se Vê" é o disco de estreia editado em março deste ano, mesmo antes da declaração do Estado de Emergência. Esse facto não impediu o disco de se tornar num dos melhores deste ano e de ser amplamente elogiado pela imprensa nacional. Na Covilhã, vamos testemunhar umas das primeiras apresentações ao vivo do refinado pop/rock de Pedro de Tróia. Devido à crise pandémica que ainda atravessamos, torna-se necessário adotar um conjunto de medidas para garantir a segurança de todos. Assim, para assistir ao evento, é obrigatório adquirir gratuitamente bilhetes em www.veraonocentrohistorico.pt. A lotação dos espetáculos é limitada, com lugares sentados, em cadeiras desinfetadas, assegurando a distância entre lugares. O recinto abre às 21h00. O espetáculo é composto por duas partes (visita virtual encenada + concerto) e inicia às 21h30, pelo que se apela à pontualidade dos espetadores e à permanência nos respetivos lugares até ao final.  Está disponível no local sinalética com as regras e as recomendações da DGS, bem como dispensadores de álcool-gel. O uso de máscara é obrigatório para deslocações dentro do recinto. O melhor da nova música portuguesa alia-se ao melhor do património histórico e do teatro, nas noites mais divertidas do verão na Covilhã! +INFO: www.veraonocentrohistorico.pt