Município da Covilhã
Tlf:. 275 330 600
Out.15.2018
Notícias
“PASTORES” RECRIA TRADIÇÕES NAS CORTES DO MEIO
03-10-2018

“PASTORES” RECRIA TRADIÇÕES NAS CORTES DO MEIO

A Freguesia das Cortes do Meio celebra a “História e Tradição de um Povo” com o evento "PASTORES", a ter lugar de 5 a 7 de outubro. A iniciativa foi apresentada em conferência de imprensa na qual estiveram presentes Alexandre Barata, presidente da direção da Filarmónica Recreativa Cortense, Jorge Viegas, presidente da Junta de Freguesia das Cortes do Meio e o Vereador José Armando Serra dos Reis, em representação da Câmara Municipal da Covilhã. A edição deste ano tem como mote o retorno ao mundo natural e, segundo a organização, contará com 30 abrigos (tasquinhas) de comes e bebes, artesanato, animação de rua, exposição de gado, festival de chanfana e, no sábado às 00h00 realiza-se o maior desfile de chocalhos. No domingo, dia 7, chega a vez da caminhada pela Rota dos Leiteiros. Para Alexandre Barata, este conjunto de atividades “pretende mostrar a nossa identidade própria, para honrar a História e Tradição rural do Povo”. O presidente da Junta local, Jorge Viegas, afirma que apesar do início modesto deste certame, já na 3ª edição, este “está a ganhar expressão e tem margem para poder crescer e ser uma referência no calendário de eventos do concelho”. Promover, valorizar e trazer mais gente às Freguesias é uma forte aposta da autarquia, segundo o Vereador Serra dos Reis. “Este evento integra-se no que chamamos «retorno ao mundo natural» e a pastorícia é um elemento fulcral para preservar atividades, tradições, usos e costumes. Queremos valorizar as potencialidades naturais e promover o turismo em cada uma das aldeias de montanha”, concluiu o Vereador.  O PASTORES é organizado pela Junta de Freguesia local e pela Filarmónica Recreativa Cortense, cofinanciado pelo Provere, com o apoio da ADIRAM e da Câmara Municipal da Covilhã.  
“HÁ PEGADAS NO ARCO-ÍRIS” E NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DA COVILHÃ
25-09-2018

“HÁ PEGADAS NO ARCO-ÍRIS” E NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DA COVILHÃ

A Hora do Conto faz parte da agenda do pré-escolar e do 1º ciclo das escolas do Concelho. Uma iniciativa que pretende despertar nas crianças o gosto por ouvir e ler uma história. Cada trimestre, a Biblioteca Municipal apresenta ao público infantil uma história diferente. A sala do conto enche-se de novos cenários, personagens, mistérios e enredos que cada livro esconde nas entrelinhas das suas páginas, e cuja “moral da história” pretende ser educativa e formativa. O livro “Há pegadas no Arco-Irís/Footprints on the rainbow” de Célia Bonifácio, edição bilingue, é a proposta para os pequenos ouvintes. Sinopse: “No planeta das Aguarelas, vivem sete animais, cada um no seu país. Em cada região predomina uma cor e os seus habitantes, na sua vida solitária, apenas conhecem a paisagem e os alimentos da cor do seu país. Um dia, um peixe aventureiro resolve dar a volta ao mundo e descobre que existe um universo que ele ignora. É daí que faz grandes descobertas, juntamente com os amigos que vai encontrando ao longo da sua viagem...  O que acontecerá às cores? Será que as amizades prevalecem acima da individualidade de cada um? E os sabores? Será que combinam? Uma história onde o número sete por assumir diferentes significados.” In “Há pegadas no Arco-íris” de Célia Bonifácio, Edições Hórus, (2017) A completar a atividade de promoção da leitura, estará patente, na sala infanto-juvenil, uma exposição com as ilustrações que integram a obra da escritora covilhanense, que são da autoria de Diana Amaral. Para participar nesta atividade deverá ser efetuada inscrição prévia através dos seguintes contatos: Biblioteca Municipal Rua Conde da Ericeira, 6200-086 Covilhã T. 275 333 599 | biblioteca@cm-covilha.pt Horário: De segunda a Sexta, das 10h00 ás 18h30  
DIRETORA ARTÍSTICA DA “BORDALLO PINHEIRO” EXPÕE NA COVILHÃ
30-08-2018

DIRETORA ARTÍSTICA DA “BORDALLO PINHEIRO” EXPÕE NA COVILHÃ

O Museu de Arte Sacra da Covilhã recebe no próximo sábado, dia 1 de setembro, a exposição de cerâmica “Inside Out” de Elsa Rebelo. Trata-se de uma exposição de peças em cerâmicas concebidas pela diretora artística e criativa da fábrica de Bordallo Pinheiro, cuja forma e cor caracterizam a traça única da sua escultura. Elsa Rebelo é filha de ceramista, pelo que desde cedo fez a sua aprendizagem com os mestres cerâmicos de Caldas da Rainha e mais tarde com artistas contemporâneos. Durante cerca de uma década lecionou, pintura cerâmica no Cencal e como professora convidada na ESAD. Atualmente exerce o cargo de diretora artística e criativa na fábrica de cerâmica Bordallo Pinheiro. Segundo a artista, “faço cerâmica com o espírito do alquimista. Deixo que as formas se revelem entre as minhas mãos, que os materiais e pigmentos se misturem, como se tivessem finalmente oportunidade de sair do estado latente em que se encontravam. (…) Vou observando, interpretando como se fosse um espetáculo performático e vou descobrindo a sua intenção e expressão, num vínculo enigmático com o novo objeto.” A cerimónia de inauguração terá lugar no próximo sábado, dia 1 de setembro, pelas 16h30, com a presença da artista Elsa Rebelo e contará com um momento especial proporcionado pela escola de dança Petit Tutu. A exposição poderá ser visitada de terça a domingo, entre as 10h00 e as 18h00, até dia 30 de outubro, com entrada gratuita.