Município da Covilhã
Tlf:. 275 330 600
Jan.17.2018
Notícias
COVILHÃ É A NOVA POTÊNCIA TURÍSTICA DO INTERIOR
09-01-2018

COVILHÃ É A NOVA POTÊNCIA TURÍSTICA DO INTERIOR

A Covilhã reforça liderança na captação de turistas no Interior. Novos dados, recentemente divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), revelam que em 2016 o concelho da Covilhã registou 154 520 hóspedes e 264 280 dormidas, representando um aumento de 20% e 23% respetivamente, face aos valores conhecidos em 2015. Este desempenho coloca a “cidade-neve” numa posição destacada face a cidades como Castelo Branco, Guarda e Fundão, que em conjunto registaram 154 133 hóspedes e 231 231 dormidas. Verifica-se que a Covilhã suplanta os valores agregados destas cidades vizinhas da Beira Interior. A performance positiva deste concelho está bem patente nestes dois factos: apresenta o dobro do número de dormidas registadas pela CIM da Beira Baixa (130 997) e é, a seguir a Évora, o município não localizado no litoral do País que mais turistas atrai. O principal mercado emissor de turistas é o interno, 134 623 hóspedes (+19,8%), valor que posiciona a Covilhã em 14º lugar do Ranking Nacional (em 308 municípios), no que diz respeito à captação de turistas residentes em Portugal, à frente de municípios como Cascais, Figueira da Foz, Vila Real de Santo António, Sintra e Setúbal. Os mercados externos proporcionaram 19 897 hóspedes (+26%), com Espanha a liderar a procura, seguindo-se o continente americano com um assinalável aumento de 40,5%. Os proveitos totais dos estabelecimentos hoteleiros, ou seja, os proveitos tendo em consideração as dormidas, refeições e outros serviços prestados por estas unidades, ascenderam a 13 473 milhões de euros (+34%). Estamos perante uma evolução marcadamente positiva, que coloca a Covilhã destacadamente no topo da tabela dos restantes municípios da CIM das Beiras e Serra da Estrela. Para Vítor Pereira, Presidente da Câmara Municipal da Covilhã, “este desempenho é a afirmação da capacidade de atração das unidades hoteleiras do concelho e da consolidação da marca Covilhã como referência incontornável no turismo nacional e internacional. São indiscutivelmente boas notícias e demonstram que estamos no bom caminho”. O autarca chama a atenção para o facto de o concelho ter “um potencial incomensurável, com muito para explorar e dinamizar”, mostrando-se, por isso, optimista quanto ao crescimento futuro do setor turístico na Covilhã.  
SECRETÁRIA DE ESTADO DO TURISMO ELOGIA DINAMISMO DO MUNICÍPIO DA COVILHÃ
05-01-2018

SECRETÁRIA DE ESTADO DO TURISMO ELOGIA DINAMISMO DO MUNICÍPIO DA COVILHÃ

A Secretária de Estado do Turismo esteve hoje, dia 04 de janeiro, na Covilhã para a assinatura do protocolo de financiamento do Museu de Arte e Cultura e a apresentação oficial da Rede Covilhã Wi-Fi. Ana Mendes Godinho marcou presença no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Covilhã para a sessão de assinatura do contrato de concessão de incentivos no âmbito do Programa Valorizar (Linha de Apoio ao Turismo Acessível) entre o Município da Covilhã e o Turismo de Portugal, representado por Carlos Abade. Este contrato vai permitir à autarquia criar e melhorar as condições de acessibilidade física e comunicacional do Museu de Arte e Cultura, assim como disponibilizar informação sobre os recursos turísticos e patrimoniais da cidade em formatos acessíveis. O valor do investimento ascende a 200 mil euros e o valor do incentivo aprovado é de 180 mil euros.  Vítor Pereira, Presidente da Câmara, iniciou a sua intervenção identificando a Covilhã como “uma cidade vocacionada para o turismo", que quer “intensificar cada vez mais essa actividade no concelho”. O autarca prosseguiu lembrando que “a Covilhã é a 5ª cidade da região centro com maior afluência turística, segundo dados do INE. Temos um potencial incomensurável e muito para explorar ou dinamizar. Para tal, contamos com a prestimosa ajuda do Turismo de Portugal”. Vítor Pereira referiu-se ao projeto do Museu como “ambicioso, moderno, representando um traço de união entre o passado e o futuro”.  Nesta sessão foi ainda apresentada a Rede Wi-Fi da Covilhã, inserida no programa Valorizar (Linha de Apoio à Disponibilização das Redes Wi-fI). Esta Rede representa um investimento de cerca de 60 mil euros, permitindo ao concelho da Covilhã dispor de uma rede gratuita em locais de interesse turístico. O Município pretende essencialmente disponibilizar o acesso Wi-Fi no centro histórico da cidade e nas principais zonas de afluência de turistas, nomeadamente os jardins da cidade, as Penhas da Saúde, Unhais da Serra e Sobral de S. Miguel. A Secretária de Estado do Turismo encerrou a cerimónia revelando ser “muito bom começar o ano aqui, na Covilhã, com um espírito tão positivo. Vou daqui com uma grande encomenda de projetos, que com o vosso dinamismo, querem apresentar”. Ana Mendes Godinho revelou que “a Rede Covilhã Wi-Fi é a 1ª implementada e já a funcionar em Portugal. Parabéns, Covilhã, por rapidamente ter percebido que existia esta oportunidade e que tinha de ser aproveitada”. A governante continuou, em tom elogioso, o seu discurso: “a Covilhã está a tecer o Turismo, visto aqui como uma malha, um conjunto de interações entre todos que servem de motor do desenvolvimento de outras atividades”. Referindo-se aos projetos apresentados, a Secretária de Estado afirmou serem projetos “de acessibilidade, virados para a comunidade”, concluindo a sua intervenção afirmando que “é preciso vontade e saber aproveitar os instrumentos existentes. A Covilhã é um exemplo de que quando se quer, faz-se”.   
SECRETÁRIA DE ESTADO DO TURISMO NA COVILHÃ
03-01-2018

SECRETÁRIA DE ESTADO DO TURISMO NA COVILHÃ

A secretária de estado do Turismo desloca-se à Covilhã, no dia 04 de janeiro, para a assinatura do protocolo de financiamento do Museu de Arte e Cultura e inaugurar oficialmente a Rede Covilhã Wi-Fi. Ana Mendes Godinho estará presente no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Covilhã, pelas 11h30, para a sessão de assinatura do contrato de concessão de incentivos no âmbito do Programa Valorizar (Linha de Apoio ao Turismo Acessível) entre Município da Covilhã e o Turismo de Portugal. Este contrato vai permitir à autarquia criar e melhorar as condições de acessibilidade física e comunicacional do Museu de Arte e Cultura, atualmente encerrado.  O valor do investimento ascende a 200 mil euros e o valor do incentivo aprovado é de 180 mil euros.  Para Vítor Pereira, Presidente da Câmara, "está encontrada a solução para que o Museu de Arte e Cultura volte a estar ao serviço da Covilhã". Será ainda inaugurada pela Secretária de Estado a Rede Wi-Fi da Covilhã, inserida no programa Valorizar (Linha de Apoio à Disponibilização das Redes Wi-fI). Esta Rede representa um investimento de cerca de 60 mil euros, permitindo ao concelho da Covilhã dispor de uma rede wi-fi gratuita em locais de interesse turístico. O Município pretende essencialmente disponibilizar o acesso Wi-Fi no centro histórico da cidade e nas principais zonas de afluência de turistas, nomeadamente os jardins da cidade, as Penhas da Saúde, Unhais da Serra e Sobral de S. Miguel. Para o autarca, "com este projeto pretende-se, por um lado, maximizar a experiência dos visitantes e turistas, e por outro lado, democratizar o acesso à internet". Vítor Pereira identifica o principal objetivo a concretizar: "queremos posicionar-nos no grupo das “smart cities” e apostar no turismo como fator decisivo no desenvolvimento de um concelho que se quer assumir, cada vez mais, como um destino de eleição”.