Município da Covilhã
Tlf:. 275 330 600
Nov.12.2019
Notícias
COVILHÃ CELEBRA A OBRA DE SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN
31-10-2019

COVILHÃ CELEBRA A OBRA DE SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN

Durante o mês de novembro, a Câmara Municipal da Covilhã assinala o centenário do nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen com um vasto e diversificado programa cultural que inclui exposições, congresso, contos, tertúlia literária, declamação e canto de poesia, com o objetivo de homenagear e dar a conhecer a vida e obra da escritora portuguesa. Histórias e Contos [marcação prévia] Dia 13 nov. | Biblioteca Municipal. - Obras Literárias Infantis, interpretadas pelo Conservatório de Música da Covilhã. - O Rapaz de Bronze – Hora do Conto na Biblioteca Municipal. - A Menina do Mar – O Canto das Vogais na Casa de Cultura José Marmelo e Silva, no Paul.  Declamação e Canto Dia 20 nov. | Café Simply Sugar [av. Marquês D´Ávila e Bolama} - Café Literário “Cem Palavras de Sophia” - Declamação e canto pela Academia Sénior da Covilhã. Congresso Internacional Dia 26 nov. | Universidade da Beira Interior/Fac. de Artes e Letras - Congresso “A Contemporaneidade dos Clássicos - Homenagem a Sophia de Mello Breyner”. Organização FAL UBI/Município da Covilhã. Exposições - Alma de Sophia – exposição bibliográfica e literária na Biblioteca Municipal. - Sophia em folhas de papel – exposição de ilustrações/desenhos dos alunos das escolas do concelho, na Biblioteca Municipal. - Sophia – exposição bibliográfica na Casa de Cultura José Marmelo e Silva, Paul.
UNHAIS DA SERRA ACOLHE BASE DA FORÇA ESPECIAL DA PROTEÇÃO CIVIL              
29-10-2019

UNHAIS DA SERRA ACOLHE BASE DA FORÇA ESPECIAL DA PROTEÇÃO CIVIL              

                                                                           No passado domingo, dia 27 de outubro, foi inaugurado no concelho da Covilhã o novo espaço que vai receber a Força Especial da Proteção Civil. A nova estrutura vai ficar sediada em permanência em Unhais da Serra e surge na sequência da reorganização de meios no distrito. Atualmente estão sediados meios em Proença-a-Nova e sazonalmente em Castelo Branco, aos quais se junta agora a estrutura de Unhais da Serra.  Para o Comandante distrital, Francisco Peraboa, “o sul, o centro e o norte do distrito estão já cobertos com meios da Proteção Civil, para que possam desenvolver da melhor forma a sua atividade”. Para o Comandante distrital ”esta Força vai dar continuidade a um projeto para a proteção do território e apoio no Plano Operacional da Serra da Estrela, que tem início no dia 1 de Dezembro”. Fernando Peraboa reitera no entanto que ”a multiplicidade de riscos obriga a que a Força especial fique sediada e desenvolva atividade o ano todo”. Durante a inauguração da Base da Proteção Civil, Vítor Pereira, Presidente da Câmara Municipal da Covilhã destacou “o empenho da junta de freguesia de Unhais da Serra na cedência do espaço e na disponibilidade para que as obras fossem uma realidade.” Com a inauguração da nova estrutura de Unhais da Serra, o território do distrito de Castelo Branco fica integralmente coberto com bases da Proteção Civil.   
MUNICÍPIO DA COVILHÃ CRIA REDE DE MIRADOUROS
29-10-2019

MUNICÍPIO DA COVILHÃ CRIA REDE DE MIRADOUROS

A Câmara Municipal da Covilhã vai construir miradouros e remodelar alguns dos já existentes no concelho. Estas intervenções visam a criação de uma Rede de Miradouros e enquadram-se no plano de Conservação, Proteção e Desenvolvimento do Património Natural e Cultural, que conta com apoio financeiro através da Prioridade de Investimento 6.3 do Pacto da CIMBSE - Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela. O Miradouro da Varanda dos Carqueijais será o primeiro a ser requalificado, estando prevista a conclusão da empreitada em setembro de 2020. Pretende-se dota-lo de características atrativas que levem os viajantes e os turistas a parar e a desfrutar de uma paisagem única sobre a Covilhã e a Cova da Beira. O Miradouro do Covão será também alvo de uma intervenção que irá valorizar o espaço com a colocação de sinalética indicativa e explicativa da paisagem, a criação de condições de estacionamento e de permanência no local e a instalação de mobiliário urbano adequado à função do miradouro. A obra será concluída até dezembro de 2020. Serão construídos dois novos miradouros, um na Nave de Santo António e outro no Alto dos Livros. O primeiro surgirá na zona dos Piornos, com acesso a partir da EN339, junto ao Centro de Limpeza da Neve. O novo Miradouro da Nave de Santo António pretende potenciar o turismo de natureza, dotando-o de condições de atratividade para que quem ali se desloque usufrua das melhores vistas que o local proporciona. Prevê-se a abertura ao público em dezembro de 2020. A outra infraestrutura a construir localiza-se na cumeada da zona do Alto dos Livros, com acesso a partir da EN339. O futuro Miradouro do Alto dos Livros pretende levar os viajantes e os turistas a parar e a desfrutar de uma paisagem rica sobre os vales da Cova da Beira e das Cortes do Meio, apostando na valorização paisagística. Está prevista a abertura ao público em dezembro de 2020.