Município da Covilhã
Tlf:. 275 330 600
Fev.17.2019
Notícias
MUNICÍPIO DA COVILHÃ PARTICIPA EM GRANDES AÇÕES DE REFLORESTAÇÃO
11-02-2019

MUNICÍPIO DA COVILHÃ PARTICIPA EM GRANDES AÇÕES DE REFLORESTAÇÃO

A Câmara Municipal da Covilhã participa em duas importantes ações de reflorestação nos próximos dia 15 e 17 de fevereiro.  “Verde Puro” é uma ação de reflorestação promovida pela CIM-Beiras e Serra da Estrela que envolve os seus 15 Municípios na plantação de vários milhares de plantas autóctones. A ação vai realizar-se no próximo dia 15 de fevereiro, das 09h30 e as 12h30, na freguesia de Cortes do Meio, sítio do Louseiro com a participação dos alunos da EB1 e JI de Cortes do Meio, de 53 alunos da Escola Secundária Campos Melo, da Queiró, Junta de Freguesia e Baldios de Cortes do Meio. No âmbito da vinda à Covilhã de Dom Afonso de Bragança, filho de Dom Duarte Pio de Bragança, pretendente ao trono de Portugal, a Real Associação da Beira Interior e a Câmara Municipal da Covilhã, com o apoio logístico do ICNF, levam a efeito um conjunto de ações. No dia 16 de fevereiro às 21h30m, a comitiva é recebida no Salão Nobre dos Paços do Concelho, onde se realiza um concerto e palestra musical oferecidos pela EPABI. A 17 de fevereiro, às 10h00, tem início uma ação de reflorestação na Mata Nacional da Covilhã, no sítio do Pião, junto à antiga casa do guarda, sob o lema “Floresta Somos Todos Nós, Agir já, Alerta Sempre”. Na parte da tarde, a comitiva fará uma visita cultural pela cidade, com destaque para o Palácio do Conde da Covilhã, no Refúgio.  O Município da Covilhã convida todos os interessados a participar nas referidas ações, contribuindo assim para a preservação da floresta.  
CASA MARMELO E SILVA COM PROGRAMAÇÃO CULTURAL PARA TODAS AS IDADES
06-02-2019

CASA MARMELO E SILVA COM PROGRAMAÇÃO CULTURAL PARA TODAS AS IDADES

A Câmara Municipal da Covilhã, através da Biblioteca Municipal e em colaboração com a Junta de Freguesia do Paul e a Casa da Cultura José Marmelo e Silva apresentam, durante o mês de fevereiro, um vasto e diversificado programa cultural para todos os públicos e todas as idades. De 5 a 14 O CANTO DAS VOGAIS  Este mês a sessão de leitura orientada é dedicada à autora Vanessa Martins e ao seu livro infantil “Tiago, o colecionador quase-nuvem”. O canto das vogais terá a participação das crianças do jardim-de-infância e pré-escola do centro paroquial de Nossa Senhora das Dores e da escola básica do Paul. Dia 24, 15h00 Recolha de Canções do Paul, por Fernando Lopes Graça, 70 anos depois. O AUTOR DO MÊS Leituras e empréstimo ao domicílio de um conjunto de obras selecionadas do escritor português José Rodrigues dos Santos. A iniciativa procura estimular o prazer da leitura e dar a conhecer aspetos de interesse na vasta obra deste autor mediático.  CLUBE DE LEITURA Um espaço que permite a leitura e o debate sobre a vasta obra do autor do mês, José Rodrigues dos Santos. Exposição “A MITOLOGIA” Mostra de fotografia, livros e referências documentais sobre os Deuses da mitologia clássica grega e romana, os aspetos relevantes que os identificam e os diferenciam no rodopio de simbolismo de que estão revestidos. Casa da Cultura José Marmelo e Silva Horário: 10h00 ás 12h30 e 14h00 ás 17h00 email: cc.marmeloesilva@gmail.com  
MAESTRO CAMPOS COSTA HOMENAGEADO PELA CÂMARA DA COVILHÃ
05-02-2019

MAESTRO CAMPOS COSTA HOMENAGEADO PELA CÂMARA DA COVILHÃ

A Câmara Municipal da Covilhã promoveu uma Homenagem ao Maestro Manuel Campos Costa no passado domingo, 3 de fevereiro, data em que esta eminente figura da Cultura covilhanense celebrou 90 anos de vida. A cerimónia teve início com a realização de uma Missa na Igreja da Misericórdia, à qual se seguiu uma Sessão de Homenagem, repleta de emoções e surpresas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.  Todos os intervenientes na cerimónia consideraram indiscutível e justo o tributo ao Maestro Campos Costa, dando os parabéns ao Município por esta iniciativa à qual não podiam faltar momentos musicais de qualidade. Estes ficaram a cargo do Grupo de Cavaquinhos da Academia Sénior da Covilhã, do quarteto de cordas da EPABI, orientado por Olena Sokolovska, e da pianista Natália Riabova, que acompanhou Adam Markowski, violonista vencedor de duas edições do Concurso Internacional de Instrumentos de Arco “Júlio Cardona” (criado por Campos Costa), que veio de propósito da Alemanha para fazer uma surpresa ao Maestro. Foram muitas as pessoas que encheram o Salão Nobre e se quiseram associar a esta celebração. O Presidente da Câmara Municipal, Vítor Pereira, foi um dos intervenientes e aproveitou a sua intervenção para afirmar ser “uma honra para o Município homenagear uma personalidade ímpar no panorama cultural regional, com um papel determinante na promoção do ensino da música e na divulgação da obra de vários compositores”.  
CONCELHO DA COVILHÃ VAI TER MAIS TRÊS ESPAÇOS CIDADÃO
29-01-2019

CONCELHO DA COVILHÃ VAI TER MAIS TRÊS ESPAÇOS CIDADÃO

O Secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa, Luís Goes Pinheiro, visita o concelho da Covilhã no próximo dia 5 de fevereiro, para inaugurar 3 novos Espaços Cidadão no Paul, no Teixoso/Sarzedo e na Vila do Carvalho/Cantar Galo. Vítor Pereira, Presidente da Câmara Municipal da Covilhã, será o anfitrião e acompanhará o Secretário de Estado na inauguração destes Espaços que serão pontos de atendimento que reúnem serviços num único balcão, da administração central, local e de entidades privadas que prestam serviços de interesse público. Neste tipo de balcão é possível tratar da Carta de Condução, solicitar nova senha ou caderneta predial junto da Autoridade Tributária, apresentar despesas junto da ADSE, tratar de assuntos relativos a emprego e formação profissional, alterar a morada do Cartão de Cidadão, solicitar o Cartão Europeu de Seguro de Doença ou realizar os serviços e-fatura, entre muitos outros.  O Governo considera que este modelo permite servir melhor o cidadão, de forma mais rápida e próxima, promovendo a literacia digital por via do apoio assistido na prestação dos serviços públicos digitais.  As cerimónias de inauguração destas importantes estruturas terão início às 14h do dia 5 de fevereiro, terça-feira, no Paul (Rua de Cima, n.º 17). Segue-se, às 14h45, a inauguração do Espaço Cidadão de Cantar Galo e Vila do Carvalho (no Centro Cívico, Zona dos Perdigueiros) e às 15h15 é inaugurado o Espaço Cidadão do Teixoso e Sarzedo (no Largo das Moitinhas).  
MUNICÍPIO DA COVILHÃ HOMENAGEIA MAESTRO CAMPOS COSTA
29-01-2019

MUNICÍPIO DA COVILHÃ HOMENAGEIA MAESTRO CAMPOS COSTA

A Câmara Municipal da Covilhã promove uma Homenagem ao Maestro Manuel Campos Costa no próximo domingo, dia 3 de fevereiro, data em que esta eminente figura da Cultura covilhanense celebra 90 anos de vida. A cerimónia terá início às 15h00, com a realização de uma Missa na Igreja da Misericórdia, à qual se segue, pelas 16h00, uma Sessão de Homenagem, repleta de emoções e surpresas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.  O Município da Covilhã convida todos os interessados a comparecer neste justo tributo ao Maestro Campos Costa.  Manuel Macedo Campos Costa  Oriundo de uma família tradicionalmente covilhanense, nasceu em 3 de fevereiro de 1929, na Cidade do Porto, onde os seus pais viveram temporariamente. Veio para a Covilhã com três meses de idade, onde frequentou o Liceu Frei Heitor Pinto e a Escola Industrial Campos Mello. No âmbito do Orfeão da Covilhã, criou em 1961, o conservatório Regional de Música da Covilhã e dirigiu, de 1966 a 1973, o Coro Misto, o Coro Sacro e o Coro Etnográfico, tendo mantido colaboração mensal com a Emissora Nacional de Radiodifusão. Em 1962 e 1970 revelou a obra do compositor covilhanense Eng. Ernesto de Campos Mello e Castro, cujas composições jaziam esquecidas ou desconhecidas. Em 2006/2007, divulgou a obra do compositor tortosendense Gabriel da Cruz Morais de Sosa, por ocasião do centenário do seu falecimento. Em 1970, no centenário da elevação da Covilhã a Cidade, propôs à Câmara Municipal e levou a efeito o 1º Concurso de Piano “Cidade da Covilhã”, do qual já se realizaram 9 edições. Promoveu igualmente o ressurgimento dos “Quadros Vivos” do Teixoso, que não se realizavam há mais de 50 anos, tendo a sua ação merecido as melhores referências por parte do Dr. José Lopes Dias. Também esteve na base da ideia da canção “Cidade-Neve”, cantada por Amália Rodrigues, do qual são autores Nóbrega e Sousa (música) e Joaquim Pedro Gonçalves (letra), sobre guião do Dr. Duarte Simões. Em 1971, sob proposta do Dr. João de Freitas Branco, é nomeado Delegado da Juventude Musical Portuguesa na Covilhã, cargo que ainda hoje desempenha. Em 1972, como professor de Canto Coral do Liceu Heitor Pinto, esteve na origem do 1º Concurso de Piano “Júlio Cardona”, em estreita colaboração com os alunos finalistas desse ano lectivo. Em 1975, o seu nome figura entre os Membros Observadores de Honra do VII Concurso Internacional de Piano “Vianna da Motta”, a que assistiu a convite do pianista Sequeira Costa. Em 1997, no âmbito da Delegação da Juventude Musical Portuguesa, promoveu e levou a efeito o Concurso de Instrumentos de Arco “Júlio Cardona”, de âmbito internacional, do qual está em preparação a 9ª edição. Ainda que autodidata em música, é autor de diversas composições, sendo de sua autoria o “Hino da Escola Industrial Campos Mello”. No campo das letras, para além de artigos de opinião, crítica musical e reportagem, publicou diversas obras de caráter literário.  Em 2002 criou o Coro Misto da Academia Sénior da Covilhã. Em reconhecimento pela sua ação no âmbito da Cultura, foi agraciado com as seguintes condecorações: Cavaleiro da Ordem Imperial Bizantina de Santo Eugénio de Trebizonda, grau Protospatário (Comendador); Cavaleiro de Justiça da Ordem Ecuménica de Malta; Condecorado com a Cruz de Honra da Ordem Ecuménica de Malta e Medalha de Mérito Municipal, categoria Prata, atribuída pela Câmara Municipal da Covilhã.