Município da Covilhã
Tlf:. 275 330 600
Ago.10.2022
04-08-2022

“DA BEIRA COM AMOR” CONJUGA IMAGEM, SOM, DANÇA, TEATRO E PATRIMÓNIO

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) continua a promover o Festival Cultural “Cultura em Rede'22 - Beiras, Raia Histórica e Serra da Estrela”, que contempla a realização de 75 espetáculos, que decorrem até outubro e irão percorrer os 15 municípios da CIM-BSE, dos quais a Covilhã faz parte.
Apostando na qualidade, diversidade e diferenciação dos programas, tendo em conta a valorização do património cultural e natural e a captação de novos fluxos turísticos, a Covilhã recebe ainda os seguintes espetáculos:


06 agosto, 21:30, Largo atrás da Câmara – “Da Beira com Amor”
02 setembro, 21:30, Largo atrás da Câmara – “Identerioridades”


No próximo sábado, dia 6 de agosto, pelas 21:30 horas, sobe ao palco localizado no Largo atrás da Câmara o espetáculo multidisciplinar “Da Beira com amor”, centrado na valorização do património material e imaterial da região das Beiras.
Através da imagem, som, dança e teatro, a Histérico – Associação de Artes, em parceria com Joana Ramos, Joana Carvalho, Leonor Soares, Cineclube da Guarda e Grupo Desportivo e Cultural Sobralense “Os Galitos da Serra”, constrói uma espécie de “Retrato de Família” com características próprias da região da Beira Interior, no qual se conjugam os sentidos e sentimentos das paisagens naturais e humanas.


06 de agosto, 21:30h, Largo atrás da Câmara


“Da Beira com Amor” pretende ser uma junção de sentidos e sentimentos, evoluídos através de encontros. É assim uma espécie de “Retrato de Família” comum, com amor e sentimento, com memórias e características próprias da região da Beira Interior, através dos 5 concelhos envolvidos, das suas paisagens naturais e humanas. Num espetáculo performativo que envolve imagem, som, dança e teatro, valorizando o património material e imaterial existente nesta região das Beiras.
FICHA ARTÍSTICA: Histérico - Associação de Artes em parceria com Joana Ramos, Joana Carvalho, Leonor Soares, Cineclube da Guarda e Grupo Desportivo e Cultural Sobralense “Os Galitos da Serra”