Município da Covilhã
Tlf:. 275 330 600
Set.24.2022
Notícias
THE TWIST CONNECTION INAUGURAM TERRAÇO DO TMC~
21-09-2022

THE TWIST CONNECTION INAUGURAM TERRAÇO DO TMC~

O terraço do TMC~ será inaugurado no dia 23 de setembro, com um concerto da banda conimbricense The Twist Connection. O evento realiza-se em colaboração com a covilhanense CISMA - Associação Cultural, que apresentará uma mostra das atividades que desenvolve. Será uma noite dedicada ao rock’n’roll, com dj set, exposições e projeções. Os Twist Connection surgiram em 2016 e contam já com três álbuns de longa-duração, bem recebidos pela crítica e pelo público. São uma banda de rock'n'roll que mergulha nas raízes da segunda metade do século XX, alimentando-se do rockabilly nascente dos anos 50, do fervor garageiro dos anos 60 e da urgência punk do final dos anos 70 para chegarem ao séc XXI com os olhos postos no futuro. Têm, ao longo destes cinco anos, pisado inúmeros palcos, desde clubes de rock de matriz underground até aos festivais de maior dimensão, assumindo-se como uma banda que vive da dinâmica e da interação com o público. Tendo Coimbra como base, percorreram todo o território nacional e marcaram presença internacional em países como França, Inglaterra e Espanha. Power trio de recorte clássico, é na comunhão e na partilha com o público que forjam um groove rock’n’roll incessante, dispensando quaisquer floreados. Bateria, baixo e guitarra; suor, um pézinho de dança e carisma; domínio completo das dinâmicas de contenção e explosão: são estas as fórmulas que alimentam os seus concertos.
AVISO AMARELO | PRECIPITAÇÃO FORTE E VENTO
12-09-2022

AVISO AMARELO | PRECIPITAÇÃO FORTE E VENTO

De acordo com a informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a partir de hoje, segunda-feira, dia 12 de setembro, prevê-se uma mudança gradual das condições meteorológicas, do litoral para o interior, com a ocorrência de precipitação forte e vento intenso. Prevê-se precipitação forte e persistente, entre os dias 12 e 13 de setembro, com acumulação significativa nas bacias hidrográficas do Norte e do Centro, importando manter a vigilância para antecipar o aumento da cota dos cursos de água.  Deverá ser dada uma especial atenção às zonas historicamente identificadas como vulneráveis a inundações e em particular em bacias hidrográficas não regularizadas e de escoamento. Dificuldades de drenagem em sistemas urbanos podendo causar inundações nos locais historicamente mais vulneráveis;  Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água;  Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem; Contaminação de fontes de água potável por inertes resultantes de incêndios rurais; Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis. RECOMENDA-SE Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;  Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo como principal preocupações a formação de lençóis de água. Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.